Restauração dentária e câncer.

amálgama e câncer

Um estudo de 2006, mostra a possível relação  das restaurações de dentes realizadas com amálgama (obturações) com os tumores malignos (câncer) a longo prazo.

Amálgama é um tipo de material restaurador usado na odontologia. Reconhecido por suas características quanto a durabilidade e facilidade durante instalação pelo dentista. Na verdade amálgama é o nome dado a uma liga metálica que contenha mercúrio.

amalgama riscos

Setores da odontologia pedem cuidado no uso deste material, pelos fatores maléficos que estes materiais de amálgama podem causar.  Estes materiais presentes na restauração, sofrem degradação e são liberados no organismo.

O mercúrio é liberado em  forma química onde consegue penetrar em todos os tecidos do corpo, inclusive cérebro.

Neste citado estudo é mostrado a influencia na metilação do DNA:

Metilação do DNA e supressão de gens

Metilação é um processo fisiológico que acontece no DNA onde são inibidos ou ativados os gens supressores de tumores. De acordo com a atividade da metilação os gens relacionados com doenças hereditárias podem ser silenciadas ou não.

Em pessoas que apresentam estes metais em sua dieta, produzem os compostos metil-metálicos por ação de microorganismos presentes no nosso intestino.

Quem possui restaurações de amálgama (obturações metálicas – escuras), os metais presentes na restauração podem ser liberados constantemente  e ficarão presentes ao longo de todo o trato digestivo.

Estes metais podem sofrer bio transformação por ação dos micro organismos presentes no intestino, que posteriormente são facilmente absorvidos pelo organismo e distribuídos pelo sangue a todas as partes do corpo.

Estes compostos podem ser um dos responsáveis pela hipermetilação e, assim, ativação dos gens mutagênicos.

Após estes metais serem absorvidos e causarem inativação de gens supressores de tumores, podem ficar armazenados em certas partes do corpo ou serem eliminados. Com isso no momento da detecção do tumor estes não estarão mais presentes.

Este artigo levanta  a possibilidade de que a presença de metais na dieta e mais especificamente nas restaurações de amálgama esta ligado ao surgimento de tumores.

A odontologia biológica vem há bom tempo alertando sobre as influencias negativas do amálgama na saúde.

Foram realizadas milhões de restaurações de amalgama nos brasileiros, tem grande quantidade de mercúrio, ainda bem que este material restaurador já não é utilizado com tanta frequência, pois, levanta-se a possibilidade de causar malefícios à saúde.

amálgama faz mal

Com as resinas e porcelanas já no mercado a muitas décadas, e com excelente qualidade, hoje existe uma procura muito grande por retirar estes amalgamas, e a odontologia biologia tem procedimentos específicos para realizar este tratamento, incluindo restaurações BPA free.

Dúvidas? Deixe sua dúvida nos comentários abaixo.

Posted on 1 de dezembro de 2018 in Dentista biológico, Odonto biológica, remoção segura de amálgama

Share the Story

About the Author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top
× Tire sua dúvida